Correspondente Kipling

Obsess√£o Infinita – Yayoi Kusama

14 de junho de 2014

Aproveitei que estou em São Paulo para visitar uma exposição incrível chamada Obsessão Infinita da artista japonesa Yayoi Kusama e é claro que não fui sozinha: levei o Arnold e a Sharon (aliás, todas as fotos lindas desse post foram feitas por ela).

Yayoi Kusama¬†nasceu no Jap√£o (1929) e √© considerada uma das maiores artistas pop japonesas. Desde jovem, foi diagnosticada com esquizofrenia e, devido a psicopatologia, tem uma percep√ß√£o e uma vis√£o diferentes da realidade (as alucina√ß√Ķes fazem parte da sua vida desde a inf√Ęncia). Com o tempo o TOC (Transtorno Obsessivo Compulsivo) passou a fazer parte da sua vida tamb√©m e isso explica a sua obsess√£o por bolinhas (voc√™s v√£o ver melhor nas fotos abaixo e na exposi√ß√£o, √© claro).

Aos 27 anos se mudou para os Estados Unidos, mas em 1973 decidiu voltar para o Jap√£o devido a problemas de sa√ļde. L√° se internou em uma cl√≠nica psiqui√°trica onde vive at√© hoje por vontade pr√≥pria (mas usa seu apartamento, localizado pr√≥ximo √† cl√≠nica, de ateli√™).

A exposi√ß√£o √© maravilhosa. Nela vemos aproximadamente 100 obras da artista – pinturas, esculturas, v√≠deos etc. – do per√≠odo de 1949 √† 2012¬†e, a caracter√≠stica mais marcante de seu trabalho, √© a sua obsess√£o infinita por pontos e suas repeti√ß√Ķes. Algo realmente incr√≠vel e √ļnico.

Na exposi√ß√£o h√° v√°rias salas que n√£o podem ser fotografadas, mas h√° tamb√©m salas incr√≠veis em que as c√Ęmeras s√£o permitidas e s√£o elas que voc√™s v√£o ver logo abaixo:

I’m here, but nothing: nesse ambiente encontramos uma sala de estar comum (mesa, sof√°, televis√£o, escrivaninha, prateleiras etc.), totalmente coberta por pontos coloridos de luz fluorescentes. A sensa√ß√£o de andar em uma sala assim √© incr√≠vel. Enquanto caminhava sentia que estava dentro de uma obra de arte.

Filled with the brilliance of life: essa sala tem todas as paredes cobertas por espelhos e do seu teto caem in√ļmeras l√Ęmpadas que trocam de cor de uma forma m√°gica. Essa sala √© incr√≠vel e super inspiradora. Tirei v√°rias fotos por l√° porque queria registrar todas as cores e suas combina√ß√Ķes (inclusive postei uma foto de um momento azul ontem no meu instagram).

Infinity mirror room – Phalli’s field: Mais uma sala cercada de espelhos e bolinhas. S√≥ que dessa vez as bolinhas s√£o vermelhas e se encontram em centenas de objetos brancos que est√£o no ch√£o. Ah, um detalhes que chamou a minha aten√ß√£o √© que s√≥ √© permitido permanecer nessa sala por 20 segundos.

No piso inferior h√° mais duas salas que fazem parte de “Obsess√£o por pontos – Amor transfigurado em bolas”. Na primeira que entramos, vimos bolas enormes cor-de-rosa com bolinhas pretas e na outra recebemos uma cartela de adesivos de bolinhas coloridas assim que entramos para colar onde quis√©ssemos na sala.

Mais informa√ß√Ķes:

Nome: Exposição Obsessão Infinita РYayoi Kusama

Quando: 22 de maio a 27 de julho de 2014

Onde: Instituto Tomie Ohtake (Av. Faria Lima, 201)

Preço: Grátis

Horário: de terça à domingo das 11h00 às 20h00

Voc√™ vai se apaixonar pelo trabalho da Yayoi Kusama e vai querer ter um pouquinho das “suas bolinhas” em casa. Uma √≥tima forma de fazer isso √© com essa edi√ß√£o maravilhosa de Aventuras de Alice no Pa√≠s das Maravilhas ilustrado lindamente por ela. Essa edi√ß√£o √© incr√≠vel demais! Uma das minhas favoritas da minha cole√ß√£o.

E aí, quem já foi na exposição? Ela já passou por Brasília e pelo Rio. Espero que ela passe por Curitiba também porque eu com certeza vou querer ir de novo ;)

Obrigada por tudo, pessoal!

xoxo

Melina Souza

A Mel √© Correspondente Kipling e traz posts incr√≠veis para o blog oficial da Kipling. Dona do Serendipity, a Mel √© sonhadora, adora fotografar e mostrar a todos como v√™ o mundo de um jeito √ļnico e especial. Tem um cachorrinho fofo, o Spock, e adora livros, m√ļsicas e decora√ß√£o.

Saiba mais em: Blog, Facebook, Instagram.


Comente!

            

  • Zezinha
    14 de junho de 2014 às 10:51

    Adorei o post, MeL! A exposi√ß√£o √© muito interessante, estou torcendo para que venha pra Curitiba, e as fotos est√£o perfeitas e criativas….adorei ver o Arnold nesse circuito cultural! ;)
    Saudade de você e da Sharon! Beijinhos ♥

  • Lala
    14 de junho de 2014 às 11:58

    Meu Deus que obras lindas!
    As fotos ficaram muuuito lindas!
    Me apaixonei <3
    Infelizmente não fiquei sabendo dessa exposição por aqui e não fui :/
    Muito linda mesmo, amei!
    Beij√£o, Lala.

    • 19 de setembro de 2014 √†s 12:47

      Espero que um dia você consiga ir :)
      A exposi√ß√£o √© incr√≠vel ‚̧
      :*

  • F√™h Zenatto
    14 de junho de 2014 às 16:25

    Que maravilha!
    Sinto falta de exposi√ß√Ķes como essa no sul, em cidades que n√£o sejam Porto Alegre. Parece maravilhoso. E me lembrou muito um professor de Psicologia meu que sempre diz que n√£o √© porque a maioria faz de um jeito que isso signifique normalidade.

    Adorei!

    http://www.blogcoisaetal.com

    • 19 de setembro de 2014 √†s 12:47

      Eu acho que essas exposi√ß√Ķes deveriam passar por todo mundo ‚̧

  • Bruna Rezende
    14 de junho de 2014 às 20:58

    J√° fui aqui em Bras√≠lia. √Č uma lindeza toda!!!
    Quero ir de novo… um dia. :)

  • Vit√≥ria Vasconcelos
    15 de junho de 2014 às 13:51

    Aii Mel, amei as fotos da Sharon (como sempre)!
    Tive oportunidade de ir à esta esposição no Rio de Janeiro, no começo do ano.. adorei!
    Mel, você sacou de primeira que os objetos branco com bolinhas vermelhas na sala dos espelhos são na verdade orgãos genitais? p.p Eu só me toquei disso depois que vi outras obras dela na exposição!

    http://enfeitardomingosblog.wordpress.com

    • 19 de setembro de 2014 √†s 12:48

      Haha percebi sim! Na verdade até tomei um susto quando vi :P

  • Milena de Oliveira
    14 de julho de 2014 às 13:22

    Tive a oportunidade de visitar a exposição e AMEI!
    Fiquei t√£o impressionada que tive que comprar o livro para ter um pedacinho da obra da Yayoi Kusama comigo.

    <3