Correspondente Kipling

A caveira mexicana (La Catrina) e um tutorial para você arrasar no Carnaval!

15 de fevereiro de 2017

Nem acredito que o Carnaval já está logo ali na esquina! Muitas pessoas já até começaram a comemorar, apesar da data oficial em 2017 ser dia 28. Não as culpo: por que ter alguns dias de festa quando se pode ter o mês inteiro? Haha <3

Eu estou passando alguns dias de férias no México e um dos símbolos do país também é uma fantasia muito popular no nosso carnaval: La Catrina, a tradicional caveira mexicana. Por aqui elas estão em todos os lugares, então resolvi saber um pouco mais sobre a origem desse personagem tão icônico por aqui.

La Calavera Garbancera

caveira mexicana

No início do século XX, no México, se popularizaram textos escritos pela classe média que criticavam tanto a situação política do país quanto das classes mais privilegiadas. Esses textos muitas vezes vinham com desenhos de caveiras vestidas de roupas de gala, para fazer uma crítica à hipocrisia da sociedade. A Catrina original foi criada pelo artista José Guadalupe Posada e tem o título de Calavera Garbancera. O “garbancero” era aquele que, mesmo tendo sangue indígena, negava suas raízes e sua cultura e fingia ser europeu. Esta era uma crítica social muito forte na época.

La Catrina

caveira mexicana

O renomado muralista mexicano Diego Rivera, anos depois, re-adaptou o conceito e rebatizou a Calavera Garbancera de La Catrina, onde aparece com seu famoso vestido, plumas e chapéu no mural “Sueño de una tarde dominical en la Alameda Central”. A palavra “catrín” descreve um homem elegante, requintado e bem-vestido, então a Catrina seria sua versão feminina.

Hoje em dia, a Catrina se tornou um símbolo tradicional do México, representando a relação desse povo em relação à morte. Aqui, a comemoração do Dia dos Mortos é feita com muita festa e muitos desfiles, onde a presença da Catrina é certeira. Ela já até apareceu na animação hollywoodiana O Livro da Vida! Ela também tem se tornado uma fantasia bem popular tanto no Carnaval quanto no Halloween.

Tutorial

Reproduzir a maquiagem de Catrina parece complicado mas na verdade é bem simples! A diferença e a beleza fica nos detalhes. Fiz minha versão da Catrina inspirada nesse tutorial da Melissa Samways. Para fazer em casa, você pode assistir ao vídeo ou seguir o passo-a-passo em fotos aqui embaixo.

caveira mexicana

Comece com uma base bem clara. Eu escolhi uma base um tom mais claro que meu rosto, mas você pode usar até tinta branca que também fica legal. Com um lápis de olho bem macio, faça os círculos dos olhos e o formato do nariz. Nos olhos, esfume um pouco o preto na parte de dentro. Aplique a sombra colorida em toda a pálpebra, até encontrar a parte preta. Esfume bem a sombra colorida com o lápis preto, para que fique um degradê mais uniforme. Delineie os olhos e aplique muita máscara de cílios (aqui eu usei cílios postiços também!). Com uma sombra cinza, faça o contorno do rosto (nas têmporas, na mandíbula, abaixo das maçãs).

caveira mexicana

Com um delineador, comece a fazer os desenhos do rosto. Parece complicado mas é só seguir o desenho da foto. Tenha a mão firme para não errar! Faça pontinhos com o delineador ao redor de todos os desenhos. Depois, passe um pouco da sombra colorida na parte do meio dos lábios. Com o delineador, trace as linhas da boca para imitar os dentes. Agora é só finalizar com algumas lantejoulas ao redor dos olhos! Para fixá-las, use cola de cílios. Se quiser, adicione alguns pontos de glitter pelo rosto. É isso! É só pegar uma coroa de flores e você está pronta para o Carnaval!

caveira mexicana

Para quem ainda quer ficar bonitinha, uma boa ideia é fazer apenas metade do rosto de Catrina e a outra metade normal. Outra ideia que realmente complementa o look é desenhar os ossos na parte do colo. Fica muito legal!

____________________

Espero que tenham gostado de saber um pouco mais da história da Catrina! Sempre que estou me fantasiando de algum personagem, gosto de saber um pouco mais sobre a origem dele e o que ele representa. <3

Tatyanna Gois

A Taty é brasiliense, estudante de Relações Internacionais e não vive sem uma xícara de café. Apaixonada por fotografia, maquiagem e livros, a Taty é viciada na internet e adora compartilhar dicas legais no seu blog ou nas suas redes sociais! ♡

Saiba mais em: Blog, Facebook, Twitter, Instagram.


Comente!

            

  • Jeanne
    16 de fevereiro de 2017 às 20:08

    Uau Taty! Arrasou! Vou tentar fazer! Adorei saber um pouco da estoria também

  • Sirliane
    16 de fevereiro de 2017 às 21:56

    Taty vc escreve de modo que parece fácil, será???? Acho que precisa ter talento Tmb. Assim como vc.
    Amei sua Catrina ☠️
    Parabéns!👏👏👏👏